segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Carta para Diolira

Querida amiga (de tantos caminhos...)
Vou relatar "em poucas palavras" minha trajetoria pessoal/profissional,e fazer de conta que você não sabe (kkk)

Minha vó paterna surda,teve 3 filhos surdos,a irmã dela teve 8 filhos, todos surdos, casados com surdos,(incrivel) com filhos surdos.Meus pais são surdos. Fui altamente planejada...Alguns "equivocos"ocorreram:

  • data do nascimento: 25 de setembro (eles planejaram para dia 26-aniversário do INES)
  • ouvinte (descobriram minha audição,quando completei 5 anos)

Passei por situações ,(hoje engraçadas),fui "emprestada"para que meus tios surdos,pudessem "ouvir o relógio" ou quando os filhos deles precisassem de ir ao médico, ou reunião na escola.

Na verdade, o que mais me marcou,foi, quando estava na 4ª série,dia das Mães, na escola,eu teria que recitar um lindo versinho,trenei em LIBRAS, por quase uma semana...Na hora,logicamente,posicionei-me na frente da minha mãe, e "interpretei" ,ou quase isto.

A diretora, sem qualquer "tato",pressionou meu braço(na verdade, cravou suas enormes unhas) e disse em tom alto e claro"...fala com a boca..."eu respondi (chorando)"...minha mãe é surda..." ela retrucou..."problema seu,fala com a boca..." Não tive coragem para olhar para minha mãe, corri para casa chorando.

Ao terminar o Ensino Fundamental,anunciei para meus pais, que havia optado pelo magistério,meu pai professor, não gostou muito,mas aceitou.(Como prova do seu "desgosto"não compareceu na formatura).

Inciei, minha profissão,primeiro como voluntária,em Minas (Juiz de Fora),sendo itinerante,na verdade,como diz uma amiga "viajante".

Cheguei em Guarapari,de férias,apenas 15 dias,liguei a TV,e uma "equipe" estava apresentando seu trabalho com surdos,imediatamente,anotei o telefone,e entrei em contato,iniciou uma boa amizade,conheci o J.César.

No dia seguinte, ele retornou minha ligação, pedindo para que eu fosse a uma determinada escola,pois lá precisavam com urgencia de uma professora de LIBRAS.

Não retornei para Minas, fiquei,fui ficando, estou... e pretendo continuar!

Cursei Pedagogia,Pós Graduação,participei de alguns seminarios,hoje Letras/LIBRAS,e este curso :professor bilingue ,por sinal mais uma "invenção " da Lu.

Atuo na escola Nice de Paula(Pólo)em Vila Velha como professora da disciplina LIBRAS ("a menina dos meus olhos").

Um dia na sala de aulas,uma aluna, indagou-me..."professora,porque não podemos,juntos com os surdos, interpretar o Hino Nacional em LIBRAS?...

Sinceramente,segurei para não chorar,afinal, por segundos, revivi, aquela "bendita diretora" que um dia me fez chorar muito...

Fiz questão de postar a foto,onde os alunos,todos juntos, interpretamos o Hino,detalhe,já pediram ,para que no próximo ano, tenhamos dois dias de intepretação.

Mil beijinhos no seu lindo coração...

Sua fã de carteirinha

Regina

7 comentários:

  1. Amei a carta... acho que diolira vai aamr tb. Bem no estilo Regina... e isso é muito bom!

    ResponderExcluir
  2. Regina, acho que depois podemos escrever outras cartas né... talvez postar até alguns vídeos.

    ResponderExcluir
  3. Lu,Diolira,para mim,além de ser uma amiga muito especial,apresentou na sua monografia da Pós,a trajetoria das CODAs na infância,com as "renuncias" que algumas vezes, nós,fomos "obrigadas" a ceder para atuar "interpretando" nosssos pais em situações, hoje,vistas como ilusitadas.

    ResponderExcluir
  4. Outras cartas, sugeridas acho interessante,sobre os videos, mais interessante ainda,por favor formente estas idéias.

    ResponderExcluir
  5. Minha linda amiga Regina!!! Comecei a ler a sua carta e mesmo antes de terminar, já sabia que era você!!! Foram conversar pelo msn e 15 horas de viagem para chegar aqui na minha cidade heim? Mas digo a você, foram praticamente 3 dias de muito trabalho, muita conversa, muitos ensinamentos e como aprendi com você!!! Já tinha dito a você que sou fã da Lú ( intimada a minha )de carteirinha, pessoa capaz, inteligente, fera demais!!! Agora você, o que acha? Sou sua fã também!!! Amiga do coração, verdadeira, maluquinha as vezes, mas é ótimo ouvir suas experiências!!!
    Parabêns pela sua linda carta, fiquei emocionada!!!
    Lú, cada dia te admiro mais!!! Continuem com essa equipe sempre unida, isso é muito importante!!!!
    Beijos para vocês.
    Érika.

    ResponderExcluir
  6. Que surppresa boa encontrar vc (Erikimha).Obrigada pelo carinho,pela acolhida, e por "deixar-me" matar a saudade de Minas.Vc tb é um marco na minha vida,viu!Um grande beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  7. Érikinha, que bom te encontrar aqui. Que legal mesmo!!!! Quer participar como autora no blog mesmo que a distância? Pode me dizer que te incluo aqui. Comente as cartas mesmo. Acho que será super jóia! Bjs

    ResponderExcluir