quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Inclusão = Excusão? Por Graciele Marjana

Olá pessoal, achei esse acróstico excelente e resolvi compartilhar com vcs. O que vcs acham? Uma ssunto bem polêmico não?

I nserir no mesmo espaço o diferente o inominável...
N egar, desativar, ordenar a diferença...
C analizar e criar novos significados, novas formas de se manifestar...
L udibriar aquilo que nos perturba, conduzir para o silêncio...
U nificar a pluralidade, fazer surgir uma única realidade...
S egregar o outro nas diversas formas de camuflar sua diferença...
A niquilar o inominável trazendo-o para o lócus do governamento...
O mitir a cultura, a língua, a identidade e as formas de se fazer representar...

Ficam evidentes nesta transversalidade os atravessamentos produzidos pelas técnicas de controle e de vigilância postas em operação pela maquinaria escolar frente à discursividade inclusiva exposta na vitrine dos planejamentos e políticas educacionais.

Autora: Graciele Marjana- professora especialista em deficientes da audiocomunicação pela UFSM (Universidade Federal de Santa Maria-RS)
fonte: http://memoriasnaeducacaodesurdos.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário