sábado, 12 de dezembro de 2009

Os surdos e a DIFERENÇA

O estudo de Libras para minha vida foi de fundamental importância, uma vez que através dos estudos, leitura de conceitos e depoimentos de sujeitos surdos em sala de aula me possibilitou um conhecimento e uma visão mais clara sobre as necessidades e dificuldades enfrentadas por esses indivíduos.

Antes desse meu contato com os conceitos e com a linguagem de sinais, tinha muita curiosidade, pois ficava intrigada com o que o surdos conversavam dentro do ônibus, por exemplo, e essa curiosidade é bem comum entre os ouvintes, só que por outro lado também tinha um pouco de receio em ter que me comunicar com algum surdo,até mesmo por não saber a linguagem de sinais, por isso sempre que percebia que um surdo vinha em minha direção para pedir ou dar alguma informação eu fugia,fingia que não estava vendo e saia.

Agora vejo que isso foi um erro porque mesmo não sabendo libras o surdo tem muito a nos oferecer em termo de comunicação e é muito interessante a forma como eles se esforçam para serem compreendidos, e eu na minha ignorância sempre tínhamos a impressão de que ele que não conseguiriam me entender.

Hoje o debate acerca dos surdos tem outro significado pra mim, pois não os vejo mais sob o prisma da deficiência, mas sim da especificidade, pois embora todas as dificuldades, colocadas não por eles, mas pela sociedade que não enxerga as diferenças, vejo o surdo como um individuo pleno de suas capacidades.

Maria da Glória Raibero
Pedagogia/5º período
UFES

Nenhum comentário:

Postar um comentário